Aventureiro das Palavras

Compartilho experiências, reflexões e trabalhos.

domingo, 13 de agosto de 2017

Lendo um modelo de Pai.

CONECTANDO-SE A UM MODELO DE PAI
Por: Alex Bonfim
13/08/2017

Hoje acordei e pedi a benção a minha mãe,
Não tenho mais pai.
Mas...

Queria sim era ser pai
Pra ser MODELO de honra, de homem, de saber tratar a todos com dignidade, que tem amigos que o respeita. Ser pai é ser um molde para o filho. Ser pai e ter um modelo de vida que direcione o caminho.

Queria ser pai para o ENSINO; as aventuras e conhecimentos da vida mais profundos da humanidade devera eu compartilhar com meu filho, pois pai que é pai ensina e aprende e nessa troca o aprendizado se torna interessante, desafiador, mas encorajador.

Queria ser pai para me AUTOCORRIGIR, ter a coragem de a mim mesmo disciplinar para me manter exemplo sempre para alguém, queria poder corrigir ao meu filho, ensinar-lhe que na vida o melhor é não ser corrigido, mas sim, aprender com os erros a ser cada dia melhor.

Queria ser como um pai que não JULGA entre o certo e o errado, mas que disciplina à medida da necessidade para a construção do caráter. Pai não é juiz, juiz é o mundo, pai quem sabe ate é o advogado de defesa.

Queria ser PARCEIRO de meu filho, está com ele nos primeiros momentos mais importantes de toda uma vida. A escola, os amigos, as relações, os afetos, as derrotas, os desafios, os embates, os conflitos, as dúvidas, as perguntas, seria comigo o momento em que relevaria para meu filho que eu estou sempre com ele em qualquer momento da vida dele em que ele precisar.

Queria ser o pai REAL e não o herói! Herói é um produto da imaginação humana para explicar o fabuloso, eu não sou fabuloso, sou real, queria que meu filho entendesse comigo que na vida real ser pai e ter limitações e grandes dificuldades, mas que comigo ele entendesse que a coragem de enfrentar o desafio o torna mais que fabuloso o torna um homem de bem que enfrenta a vida sem medos e que passa por tudo sem temer viver ou morrer por um bom motivo.

Mas não sou Pai!
Por isso dedico a vocês essas ações que tornaram vocês as pessoas mais importantes para a história de vida de um ser humano, seu FILHO.

Viva a sua paternidade com dignidade sabendo que você é importante para alguém que sempre está a ti observar!



sábado, 24 de junho de 2017

Lendo Sentimentos Presentes


Sentimentos Presentes
Por: Alex Bonfim

Sabe!
Sabe o que queria....?

Queria ter estabilidade emocional para realizar seus sonhos, desejos e delírios sem ter reservas.

Queria que confiasse no amor e que tudo que ele tiver, fizer e conquistar é para dividir contigo.

Queria que confiasse no seu próprio amor quando toda vez que você amasse e realizasse a você mesma.

Queria que sua cabeça descansasse na paixão sincera.

Queria que você aceitasse que o amor é  cheio de dor...

Que a paixão é fulgoz.

Que a dor aperfeiçoar os fortes.

Os defeitos notarizam a humanidade verdadeira.

Queria muito que tudo fosse como tem que ser.

sábado, 27 de maio de 2017

Lendo minha Sina

Minha Sina
Alex Bonfim

Como eu queria viajar o mundo
O mundo do eu
O mundo do outro
O mundo físico
O mundo mental

Não queria ter fronteiras que me impedisse de evoluir
Como queria desfrutar da beleza do novo

Subir montes
Descer matas
Mergulhar mares
Banhar nos rios
Voar nos quenios

Me inspirar na grandeza
de ser um ser livre
Livre das dores
Da prisão
Dos anseios da alma
E das algemas do coração

Subir e descer
Ir e vir
Este é meu projeto
Minha sina
Meu tino
Meu deleite de vida.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Lendo Solteiros

CONVERSA SÓ PARA SOLTEIROS!
Aviso: Se você tem relacionamento, não leia!

Comove-me vê tantas homenagens e exposições públicas, tantos amores. Penso como seria os amores de alguns se não houvesse Facebook. Abraços, beijos e fotos retratam um bom relacionamento? Data comercial impulsionando pessoas no Brasil em meio à recessão, desemprego, ajuste fiscal e altas taxas de juros bancários, e os shoppings lotados e propagandas de perfume sendo tema de debate.

Estar com alguém sem amor de verdade é motivo para publicidade? O que de verdade juntam duas pessoas? Pensam em amor o tempo todo, mas em todo tempo fora das exposições não se vê amor, nem respeito, nem afins.

Engraçado, amor não é:
Vangloria...
Soberba...
Interesse...
Arrogância...

Vejo fotos onde pessoas concorrem com o amor da vizinha...
Quem ama mais, quem está com a mais bonita...
Quem precisa passar imagem de amores irreais...
                                                                                   
Vejo pessoas compondo um casal, mas é notório que não há respeito.
Mulheres que não respeitam,
Homens que não admiram.
Mulheres que não são submissas,
Homens que fingem amor.
Fingem que dão carinho,
Fingem que dão satisfação...

Dizem que homem que não é bom filho não será bom namorado ou afins... Assim também, mulher que não se relaciona bem com seu pai não terá bom relacionamento com homem algum... Mas ainda assim, postam fotos como melhores namorados e afins do mundo, abrem concorrência com outros casais e fazem de um testemunho de bondade uma afronta. Insano! Falta testemunho para mamãe e para papai. Compra presente para namorada, mas é incapaz de levar um doce para a mãe. Ligam para o namorado e conversa por três horas, mas não é capaz de ligar uma vez na semana para o pai e justificam que o pai não é presente. Agora pergunto quem mais faz uma mulher chorar, o pai ou o namorado? (risos irônicos)

Depois da loteria vem uma série de problemas, algumas mulheres ganham na loteria. Alguns bobos acham que vão encontrar as Rebecas, as Ésteres as Sulamitas, a sábia, ou até a mulher de DEUS. Se for de Deus é claro que ele não te dará, seria d’Ele! Rebeca não é padrão de mulher para homem algum. Mulher modelo para um homem é Raquel, só que para se ter uma Raquel você tem que trabalhar dobrado...

Já dizia um grande amigo meu, que não gosta de postar o amor dele em rede social, e olha que sei que ele ama muito a esposa, tem testemunho, ele também diz que desconfia destes amores publicitados... Detalhe, ele é psicanalista!

Antes só que mal acompanhado?

Tudo bem, falarei do meu amor...
Meu amor está longe, não posso tocar, abraçar, beijar, nem homenagear.

Ele existe!

Será que sou mal amado?
Será que sou realista?
Será que estou desgostoso?
Será que não me amo ainda?
Será que não tenho um amor?
Não...

Quero paz e sossego até que eu tenha meu amor perto e possa desfrutar e compartilhar com ela no e do meu paraíso.

Decidir não mentir para mim.

Meu amor vem de longe.
Alex Bonfim.
Texto figurativo em ironia!




sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Lendo Distâncias

Estou olhando de longe...
Vivendo longe...
Admiro de muito perto, 
De dentro de mim
Sai de mim admiração. 
Sinto-me perto
Caminho para a sina.
Estou a passos do que está longe 
Estou a chegar! 
No amor? 
No carinho?
No companhia?
Na plenitude?
No compartilhar?
Chegando lá... 
Saberei. 
Uma hora chego.
Estou Decidindo!

Alex Bonfim 
Boa Noite. 
Novembro de 2014

domingo, 9 de novembro de 2014

Lendo Homens ...

Cada vez mais está difícil ser homem:
Se é macho, é machista
Se é meigo, é afeminado
Se fala forte, é grosso
Se fala fino, é “aviadado”
Se é educado, vira bobo
Se é agreste, é mal educado
Se namora, é pegador "galinha"
Se não namora, é otário e ainda falam mal por trás
Se transa, é comedor,
Se não transa, é otário
Se respeita os limites do namoro, é besta
Se não respeita, é descarado
Se beija bem, é sedutor
Se não beija bem, é inexperiente
Se abre a porta do carro para mulher, é arcaico
Se não abre, não é gentil
Se paga a conta só, é besta
Se divide a conta, é descortês
Se manda na casa, e mandão
Se não manda, é um “pau-mandado”

Tadinho dos homens. 

domingo, 28 de setembro de 2014

Lendo Pensamentos

O que penso, quero e desejo.
Quero me aproximar:
Do espírito
Do intelecto
Dos valores
Dos sentimentos
Das emoções
Dos sentidos
Do corpo
Juntos teremos:
Cumplicidade
União
Sonhos
Alegrias
Tristezas
Sustento
Comunhão
Lubricidade
Filhos
Família

Um projeto de vida.  

domingo, 7 de setembro de 2014

Lendo sentimentos passados no presente.

Queria ter te conhecido antes, muito antes, para que nenhum de nós dois tivesse medos ou cicatrizes. Queria ter estado com você quando seu coração descobriu o que era amor, quando seu corpo descobriu o que era desejo, e antes que pudesse sofrer eu estaria ao seu lado te amando e me entregando, e juntos poder ter aprendido as lições da vida e do coração. Queria ter te conhecido quando suas esperanças começaram a nascer, quando seus sonhos ainda eram puros e seus ideais ainda ingênuos. Pena termos nos encontrado só agora, já com o coração viciado em outros amores, com uma imagem meio falsa do que é felicidade, do que é se entregar. Queria ter te encontrado numa nova vida, num outro tempo, em que não precisássemos temer o nosso futuro, nem nossos sentimentos.

O autor desse texto é :
Alex da Silva Bonfim

Qualquer reprodução é mera apropriação. 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Lendo um Amor Decidido

Lendo o Amor Decidido 

É natural não ter amor,
embora inaceitável. 

É natural conhecer pessoas que não conseguem amar. 
O amor é estar próximo a estas tais pessoas. 

Amar e um dom de Deus, 
É uma decidida aceitação do estado em que o outro se encontra.

Os dias são maus, por isso falta amor. 
                                                                       
As relações são pouco duradoras porque falta amor, 
Esta falta deixa as relações frágeis  e não se sustentam.

Se falta, não há remediação.
O maior exemplo de amor é o de Deus.
E este amor está consolidado.

O amor não se renova porque não fica velho, 
o amor está apresentado claramente no amor de Deus.
Deus decidiu nos amar. E ponto final!

Amor só assim.
Decida amar e ponto final.

Alex Bonfim 
Agosto de 2014


quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Lendo a Alquimia

Alquimia da vida.

As pessoas estão perdidas
Os valores também
O certo é errado e nada mais
Confusões conflitos e decepções
Isso só se fala por canção
O ser humano se perdeu de si
Não se acredita no que se tem de acreditar
As dores são refúgios para o nada
Ah vida antiga
Água, fogo, vento
Ainda sãos os recursos mais verdadeiros
São materiais, são concretos
Nunca mudaram desde o inicio
Não se vê um quase fogo
não se vê um quase vento
não se vê uma quase água
São elementos substanciosos, autênticos
O ser humano se perdeu da sua substância
É possível confiar no vento, no fogo e na água
Já o ser humano, matéria forjada, sem autenticidade
Sem identidade química real
É solúvel
Degradante
Putrifica
Contamina-se
Perde-se ao evaporar-se
Se pensar até em serem matérias densas para manter a brutalidade de sua existência
Estas, ainda assim tem muito valor
bastam existir e terão a possibilidade d e serem transformadas
Esquecem-se de se apresentar brutos, isso e real, assim se tornam lapidosa
mas aptas para se tornarem valorosas
O homem ainda confia e vive nos valores de sua essência?

Alex da S. Bonfim 
Agosto de 2014



terça-feira, 19 de agosto de 2014

Lendo Presságio

Soneto - Pressagio
Alex da Silva Bonfim
Vida de 2014

Foi por força superior
Livre das dores que garganta acusou
Do sangue que molhava a goela
E tudo isso acabou

A duras penas apanhou
Aquele que não se inclinou
A agir como um vencedor
Sem deixar de acreditar no pendor
 

  
Covardia é o motor
Daqueles que sem amor
Iludem o dia de um vencedor

Recompensas hão de vir
Sobre os que procedem assim

Sem se aperceber que um dia tudo tem fim.

Lendo Nuances

Como Uma Onda
Lulu Santos

Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como um mar
Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo

Não adianta fugir
Nem mentir
Pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar

Nada do que foi será
De novo do jeito
Que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como um mar
Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo

Não adianta fugir
Nem mentir pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre

Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar
Como uma onda no mar

Como uma onda no mar

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Lendo Dor

Dor que cura.

Eu sinto dor sim...
Eu sinto dor porque sou frágil
E só entendi isso com a dor.

Eu sinto dor porque ...
Ela aperta-me o coração
E aí vejo minha fraqueza

A dor me próxima de mim mesmo
A dor me ajuda a entender a minha finitude
A dor me faz respirar com mais força para sobreviver

A dor só não pode roubar a minha esperança
Porque a esperança é um milagre
Nada rouba milagre.

A dor não pode roubar a minha intensão de viver
A dor... ela ...
Não pode me destruir
Pode me matar

Mas não destrói a minha essência
Mesmo com dor
Preciso ter essência

Com a dor eu aprendo
Que cada vez mais
Eu preciso viver bem

E no momento de dor
Vejo o quanto é importante
Celebrar os momentos de bem estar.

Eu preciso da dor como minha aliada
Não como meu carrasco.

Alex da Silva Bonfim

Salvador – 31/01/2014

domingo, 22 de dezembro de 2013

Lendo Retrato

Retrato.

A serenidade demonstrada
Sorriso contido
Elegância demonstrada
Isso é o que te faz ter sentindo.

Sentindo de beleza
Sentido de nobreza
Sentido de critérios
Isso sim que é grandeza.

Beleza é a menor das grandezas
Que desponta na sua realeza
Ela não conta nunca
Se você for sempre uma princesa.

Deveras se falasse de outras  grandezas
Das que poucos imaginam que tenha
Mas o que importa não é falar das que se não vê
Mas sim das que estão a vista.

Agora, sim, volumosa é sua beleza
Redondas de contornos
Que te dão sutileza
E apontam para sua finesa.

Por: Alex da Silva Bonfim
Dezembro de 2013.


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Lendo o que penso sobre Deus

Deus é muito

Mais, muito mais que conceito
Ele não pode ser avaliado
Tudo que o classifica passa a ser apreciação
Passa por mera observação

Deus não é religião
Deus não é a guerra
Deus não é o universo
Deus é o ser criador

É muito mais fácil dizer o que DEUS não é
A ter que aventurar palavras combinadas
Para dizer o que é Ele ou quem é Ele

Olhe o universo, contemple a infinitude 
Olhe o céu azul, veja a imensidão, se perde no horizonte
Olhe o mar em parceria com o horizonte do céu

Isto ainda não é Deus.

Como posso eu
Aventureiro na arte de combinar palavras
Ousar-me a querer recitar sobre a magnitude
Do todo poderoso

Não o vejo, mas o sinto
O sinto dentro de mim
E sinto sua imensidão dentro do meu ser
Um horizonte de imensidão me acalma dentro de mim
Da minha existência
Seria essa imensidão, Deus?

Na minha forma de viver
Comigo a cada manhã desesperançosa
Controlando minhas ideias                  
Meus ressentimentos
Minhas angústias
                                                                                             
Sinto-o comigo na nervura da peleja
Sinto sua misericórdia no momento do tormento
Sinto-o ao momento que quero me entregar

Percebo-o quando ainda me resta um fôlego novo
Quando acordo de manha
No ânimo do acordar
Percebo que se inicia uma chance nova

Isto ainda não é DEUS.

DEUS é representação:
Poder
Força
Honra
Majestade
Valores
Princípios
Emoções
Sentimentos
E até temperamento

DEUS se ira
DEUS esbraveja
DEUS se arrepende
DEUS se entristece
DEUS chora
DEUS ressuscita
DUEUS grita
DEUS disciplina
DEUS constrói
DEUS destrói
DEUS vive
DEUS faz morrer

Deus ama
Deus anima
Deus perdoa
Deus consola
Deus ajuda
Dá ate graça

Deus é pai
É amigo
Deus é Rei
É senhor
É até amor

Deus pode tudo
Pode até está onde quiser
Pode saber tudo que desejar
Pode até tudo parar

Deus só não se deixa enganar
Não se deixa escarnecer
Plantando tu, vais colher


Por:
Alex Bonfim
2011




terça-feira, 24 de setembro de 2013

Lendo Percepção

Você já se apercebeu?

Você já percebeu o quanto é difícil
Ser compreendido
Ser aceito como é
Ser pré-julgado sem no mínimo ser ouvido

Como seria diferente se:
Se a vida fosse mais simplória
Se fluíssemos mais em naturalidades
Se fossemos mais normais
Se aprendêssemos a compreender mais
E julgar menos
O mundo teria menos juízes
E mais inocentados

Como seriamos felizes
Quando somos mais leves conosco
E mais flexíveis com as pessoas
Quando aliviarmos jugos
Ou não tornamo-nos um para alguém
Ou quando paramos de ser um para nós mesmos
Quando impomos regras que para nós mesmos são pesadas

Como seria bom se
Se apreendêssemos a ajudar mais que atrapalhar
Quando compreendermos mais que querer ser compreendidos
Quando ampliarmos as possibilidades quando o outro tem limitações
Quando nos tornamos mais humanos
Quando deixarmos DEUS ser DEUS e
Nos humanos sermos Humanos

Todos têm males em si
Só o Cristo foi perfeito
O meu mal pode estar enrustido
E você me mostra o seu ao apontar o meu

Somos capazes de sermos melhores conosco mesmo?

Por: Alex da Silva Bonfim
Setembro de 2013




sábado, 24 de agosto de 2013

Lendo os Porquês...

Por Que Ela?

Me ama como sou
Não me critica pelos meus defeitos
Apoia-me em tudo
Quer só ser meu amor
Não quer ser minha dona, nem meu ar, nem meu GPS...
Aventura-se comigo em tudo
Não me pergunta para onde vamos
Não questiona sobre a sua segurança
Confia em mim de olhos fechados
Não me acha fino nem grosso
É igual a mim numa versão fêmea
Não me censura pelas minhas bobagens
Não me cobra, mas quando não posso dá só se entristece
Vive para nós, não me cobra nada
Mas me deixa sempre com a sensação que eu posso dar mais a ela
Aceita todos os meus impulsos
Vive e aquece minha alma
Satisfaz meus desejos
Lê em meus olhos
Sente minhas ações
Pressente meus desejos
Combina comigo o que quer
Suspira acelerada
Porque não é normal...
Não é tão certinha

É ela porque ela não é a Rebeca de Abrão
Nem   “mulher de deus”, ela é minha e fora DEUS quem me deu

Não poderia brigar com Deus para ter uma mulher D’Ele
O que é D’Ele é santificado, é só D’Ele, Ele não dá a ninguém o que é só Seu...

É ela porque Ela é a minha mulher, por isso pode ser imitada só porque é minha
Sonha comigo, e me conta o terror que foi o sonho com humor
É perfeita, porque tem vários defeitos
Consigo conviver com todos sem problemas
Sabe que não tenho tudo que ela deseja
ainda assim me aceita
Não depende de mim
Nem quer que eu dependa dela
Não é forte a ponto de se auto defender, deixa isso para mim
Mas quando precisa ou estou distante ela se vira na sua autodefesa
Sabe fazer
Inteligente, não gosta de repetições.
Sorrir das suas faltas
Inteligência para ela é perfume, por isso me trata como aroma.
Porque é minha metade!

Por: Alex da Silva Bonfim
24/08/2013


terça-feira, 20 de agosto de 2013

Lendo Precisão

Precisão.

Será que queremos alguém porque precisamos?
Se fosse por precisão, basta retirar a necessidade
Precisamos do ser e não da solução das necessidades
É fácil não precisar

Precisamos sim de um amor de verdade
Precisamos de um ser e não de uma solução para o nosso viver
Precisamos de cumplicidade
De amor de verdade 

Precisamos de alguém que nos conheça
Que nos aceite
Que nos suporte
Que nos queira bem 

Que tenha vários defeitos
Que superemos todos eles
Que tenha várias virtudes e
Que estas, suplante os malefícios

Precisamos de alguém que ame a vida
Que possa ser companheira
Que nos faça bem
Que queira e seja querida

Que planeje o futuro em combinações
Que ame-nos
Que espere-nos ao sair de casa
Que saiba que vamos, mas voltaremos

Que entenda-nos mesmo quando ninguém consegue
Que faça um diálogo divertido
Que se coloque no lugar mais importante das nossas vidas
Que respeite-nos

Que nos espere
Que nos faça saber que somos únicos e é o que amas
Que nos entenda de verdade
E que nos queira bem

Que diminua os prejuízos dos nossos defeitos
Que seja um tudo para nós
Que se torne alguém inseparável
Que seja nosso  bem terreno.

Por: Alex da Silva Bonfim

21/05/2013

Lendo Melancolia

Melancolia 

Tem dias que é assim...
a inspiração corre de mim, 
as palavras se escodem, 
os versos viajam para longe,
cansaço perto, 
desgaste, intimo de mim
ficam desejos ardentes, 
de querer falar 
de poder expressar
de revelar emoções 
para poder falar algo que representa
o que estou sentindo ou meu estado de espírito 
e nesse exato momento, 
no isolamento de meu quarto,
na companhia de minha cama, 
na parceria com meu travesseiro,
não sinto nada. 
Só respiro. 
e por isso agradeço a Deus.

Por: Alex da Silva Bonfim 

sábado, 6 de abril de 2013

terça-feira, 1 de maio de 2012

Lendo aspirações

Aspirações
Alex Bonfim

Quero amor de verdade
Quero amor sem figuras
Quero que desejos me lavem
Quero que sonhos me acordem
Quero o dia a dia de intensidades
Quero que os corpos se unam não em prazer
Mas em projetos
Falta-me algo para amar
Falta-me algo para me completar
Falte-me a mim mesmo
Falta-me caminhos
Falta-me até as intensidades
Sem elas na sei amar
Sem elas só sei pensar
Mas amar não pensa
Amar, age
Amar, perde o ritmo do som
Descompassar para alcançar a plenitude. 

sexta-feira, 30 de março de 2012

Lendo - Mimesis

Alex Bonfim
Salvador - Bahia - 30/03/2012

Na vida,
Aprendi que todos teem
Seus céus e infernos
Sóis e chuvas
Seus dias e noites
Dias bons e ruins
Altos e baixos
Seus vales e relvas

Aprendi também
Que sempre é possível recomeçar
Que nada nem ninguém podem furtar
O direito de se ter uma chance nova
Que não são os amigos ou inimigos
Pessoas ou animais
Forças emocionais, psicológicas ou sociais
Que determinam o seu renascer ou seu prazer

Aprendi que
Essa força está no direito de ser um ser
Está no fato de ser livre para respirar a vida
Como seus nuances de perigo e bonança
De calmaria ou agitação
Nas dores e nas massagens


Aprendi que
Ninguém pode te fazer feliz, se você não for feliz primeiro
Que ninguém pode cercear seu direito de viver
Que você é livre, dentro de sua cabeça
Que ninguém pode escravizar-te se você não permitir
Que é possível recomeçar tudo
Que a vida só acaba quando você dá o último suspiro

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Lendo "Crenças"

Eu acredito

Acredito na minha profissão
Acredito no potencial
Acredito na criatividade
Acredito na educação
Acredito no ser humano
Acredito nas competências
Acredito que sempre valerá à pena quando se vê resultados
Acredito na inteligência
Acredito nos dotes
Acredito que é possível
Acredito num olhar quando diz que aprendeu
Acredito que ser professor é ser o melhor professor
Acredito que sou “idealista”!


Lendo Profissão

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Lendo Presença

Presença


Não tenho compromisso

Pratico o comprometimento

Não adiro ao ficar

Proponho-me a estar

Não me enjaulo a nada

Trancafio-me ao prazer de permanecer


Relâmpago ou trovão

Ilha ou deserto

Dia ou noite

Mar ou terra

Montanha ou bosque

O que quero é o conforto d’Ele


Paz ou guerra

O importante é vencê-las

Céu ou inferno

Gozá-los-ei quando for necessário

Ofensa ou perdão

Exercê-los-ei sempre que me expor


Honestidade ou omissão

Só compete quando é por razão

Cumplicidade ou reserva de ação

Sempre poderá ocorrer quando de coração

Parceria ou conciliação

Sempre é a incumbência entre irmãos